quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

A merenda nossa de cada dia - Esquema da merenda é prática antiga de demos e tucanalhas


A merenda nossa de cada dia
Esquema da merenda é prática antiga de demos e tucanalhas

Acostumados à abafar seus múltiplos casos de corrupção por meio da cooptação do legislativo e conivência da mídia, a duplinha dos infernos que desde Cabral vem saqueando o Brasil, tucanalhas e demos levantam grana alta com as terceirizações das merendas escolares, grana esta que banca suas campanhas milionárias e seus esquemas.

Sempre usando laranjas que assumem a culpa para que essas aves de rapina lideradas pelos abutres José Ferra e FHC, metem a mão deslavadamente na bufunfa, mas continuam hipocritamente com suas poses de moralistas.

O esquema usado em Sampa por Gibinha Enkassapa do Demo e Adolf Curi em São José pra Poucos, é antigo, vem dos tempos de Aidimim, passa por Ferra e Manezica. (quem não se lembra do escândalo do extrato de tomate com carne moída do “arauto da ética” Manezica quando prefeito de São José dos Poucos?)
Pois bem, ao que tudo indica, o esquema continua com a mesma empresa, a mesma que financia as campanhas tucanalhas (ano passado, a empresa foi a maior doadora da campanha de reeleição de Adolf Curi).

O esquema é velho e simples:

Abre-se uma licitação só que quem monta o edital viciado é a empresa amiga do rei, ou seja, ela coloca um monte de cláusulas e requisitos para que nenhuma outra empresa possa concorrer com ela, faturando alto na barbada.

Só pra ter uma idéia, o novo contrato é da ordem de mais de 33 (trinta e três) milhões de reais, o que faz com que 150 mil para a campanha seja troco de pinga e levanta a suspeita de muita mais jabá por baixo do angu.

Vendendo sopa rala a preço de filé mignon, talvez seja por isso que irrita tanto os tucanos o sopão da diocese aos pobres necessitados, porque suscita comparações.

É preciso por fim a estes santos de pau oco que desviam o renda pública para a privada. Olho neles! Se a mídia esconde e as câmaras mordem, que os cidadãos cortem as asas dessas aves de rapina demoníacas travestidas de canários.

Jorge Saladino

11 Comentários:

o casalqseama* disse...

essas coisas me dão nojo!

isso sim é uma verdadeira putaria!




show teu blog.
bjão da fê =D

Anônimo disse...

roubando até da comida das crianças
era só o q faltava
depois quer bancar o honesto

O hospital então, vai di mal a pior
ate luvas os funcionarios tem de pagar do bolso pro turco loco continuar metendo a mao a vontade

gaiola nesses tucanos de bosta

Guilherme

Michell Niero disse...

Lembra quando quiseram instituir a chamadas "supermistura" nas merendas das escolas públicas? Pois é, não deixaram, principalmente por causa do lobbie da Nestlé.

E continua do mesmo jeito. A molecada é obrigada a comer a produção de descarte de empresas privadas e ainda por cima ganhar e muito com isso. Sabemos que uma boa alimentação faz muita diferença na educação de alunos que não tem um pão pra comer em casa.

Só de pensar nesse assunto já me embrulha o estômago.

Nokenicus disse...

Hola, pasando a saludar y tambien para invitarte a que pases y veas mi blog a ver si encuentras algo de tu agrado y si te gusta intercambiemos enlaces, una suerte de fucionar dendritas o algo asi diria yo,je.
Saludos y hasta la proxima.

W disse...

Por incrível que pareça, parece ser tão fácil como roubar doce de criança... E criança "cega" por sinal.
Infelizmente nosso sistema é suscetível a esse tipo de acontecimento, pois o estado cada vez anda mais distante e a mercê da iniciativa privada que todos sabem que não é uma instituição de caridade.
Certamente, todos nós vamos lembrar disso nas próximas eleições.

Jaque ;) disse...

tem gente que fode a vida dos outros... Literalmente

Jaque ;) disse...

Tem gente que f.ode realmente as pessoas

Anônimo disse...

Tá cheio de filho de eleitor do PSDB comendo essa merenda estragada. A criança deveria cobrar dos imbecis dos pais dele que votaram nessa corja.

Anônimo disse...

MAIS UMA DELES...

VALEPARAIBANO - Cury subcontrata doadoras de campanha Grupos que doaram recursos para a re-eleição assumem recapeamento de duas avenidas; obras estão atrasadas São José dos Campos
Max Ramon
Da professora Odete Medauar

Duas empreiteiras que doaram recursos para a campanha do prefeito Eduardo Cury (PSDB) foram subcontratadas para a execução de obras da administração municipal.

Os projetos licitados somam mais de R$ 4,5 milhões e se referem a serviços de recapeamento em duas avenidas --a Florestan Fernandes e a Lineu de Moura. As duas obras estão atrasadas.

A empresa contratada pela prefeitura para a execução do recapeamento foi a Soemeg Terraplanagem, Pavimentação e Construções Ltda, com sede em Guarulhos.

Os serviços acabaram sendo repassados à Urbanizadora Serviobras, de Jacareí. Ela pertence à família Tallavassos, que doou R$ 12 mil para a campanha de Cury.

De acordo com informações da Receita Federal, a empreiteira possui dívidas previdênciárias atualmente, o que, por lei, a impediria de disputar licitações.

Outra doadora da campanha do prefeito, a NF Mota Construções e Comércio, foi subcontratada para serviços de fresagem (remoção da antiga camada de asfalto).

Instalada em Barueri, a empresa contribuiu com R$ 50 mil (em espécie) para a re-eleição de Cury, conforme aponta a prestação de contas entregue pelo tucano.

Nenhum representante da prefeitura quis falar sobre o assunto ontem. Questionado sobre os contratos durante um palestra na Faap (Fundação Armando Álvares Penteado), o prefeito Eduardo Cury (PSDB) disse que o assunto deveria ser tratado pelos secretários. Em nota, o governo informou que os contratos das obras estão amparados pela legislação (leia mais nesta página) .

TRIANGULAÇÃO - Avaliada em R$ 2 milhões, a obra da Florestan Fernandes foi contratada pela prefeitura em outubro do ano passado, menos de uma semana após a eleição.

O contrato da Lineu de Moura foi celebrado dois meses antes. O projeto, avaliado em R$ 2,5 milhões, inclui a construção de uma ciclovia na avenida.

Os contratos firmados pela administração municipal com a Soemeg vedam a transferência total dos serviços licitados a outras empresas, sob pena de rescisão.

A legislação em vigor permite apenas subcontratações parciais --ainda assim, somente nos casos em que houver prévia autorização por escrito da administração.

Para a professora de Direito Administrativo da USP (Universidade de São Paulo), Odete Medauar, a subcontratação favorece empresas que não possuem condições legais de disputar uma concorrência pública (leia mais nesta página).

ATRASO - As duas obras repassadas pela Soemeg às doadoras de campanha do prefeito estão com cronograma de execução atrasado, conforme constatou o valeparaibano.

O recapeamento da Florestan Fernandes deveria ter sido concluído em janeiro --a placa que indicava o valor e o prazo de entrega da obra foi removida.

No caso da Lineu de Moura, o atraso é maior. O cronograma original do projeto previa o término de todas as obras da avenida até outubro do ano passado.

INVESTIGAÇÃO - O vereador Wagner Balieiro (PT), membro da bancada da oposição na Câmara, condenou as subcontratações de obras feitas pela Soemeg. "Esse é um caso grave. Até onde temos conhecimento, não houve nenhuma autorização por escrito permitindo essas subcontratações", disse o petista.

"No caso da Serviobras, há indícios de que houve uma triangulação para burlar a lei, já que ela não poderia disputar licitações da prefeitura", emendou.

O parlamentar informou que pedirá a intervenção do Ministério Público no caso. "Há uma relação muito perigosa entre essas empreiteiras que foram subcontratadas e o prefeito", afirmou.

"O prefeito não pode nem alegar desconhecimento. Ele passa todo dia em frente da obra da Florestan Fernandes. Ele está fechando os olhos para o problema."

"A legislação estabelece uma série de exigências para empresas que participam de licitações. Essas empresas não podem, por exemplo, possuir dívidas com o poder público. Essas regras precisam ser seguidas"

Anônimo disse...

Já há motivos suficientes para pedir a cassação do mandato do Cury, é só apurar os fatos. Aproveita e cassa tb o título de eleitor de quem votou nele!!

Anônimo disse...

Me parece que esta pra ser votada uma lei no congresso que proibe a terceirização das cozinhas nas escolas publicas, se passar o que eu acho dificil, o municipio que não cumprir ou se adequar tera o repasse de verbas do gov federal suspenso. Tomara que seja verdade e que passe realmente ai quero ver os psdbostas levantar dinheiro pra campanha eleitoral com a SHA...R$150.000,00 por 33,7 milhões é uma coisa meia irracional, será que foram só 150 ou tem grana correndo por fora, pra se construir uma casa de mais de R$500.000,00 no Bosque Imperial vai muita grana né DUDU CUry, a sacanagem rola solta e ninguém faz nada. A ultima que tive conhecimento é que funcionários da fundhas que foram promovidos a gestores de unidades na gestão do coronel, foram convidados a se filiar no partido, é lógico que teriam que colaborar com 10% dos salarios e se comprometer a balançar bandeira nas próximas eleições... como foram muito fracos de argumento que até quem desfruta do coxo não crê, optaram por entregar os cargos e voltar para o cargo de origem, detalhe só que ja tem assegurado o salario mais alto, agora retornam a sua vidinha comum e oneram folha de pagto, por que ja tem assegurado a diferença salarial pelo tempo em que ficaram na função. É óbvio que não sobra um aumento pra quem realmente trabalha, pq a grana se concentra na mão dos velhacos, e para quem pensa que estes cargos serão extintos, se enganam pois estão preparando o pulo do gato para abrir a porta do guarda roupa para receber os novos cabides... estes sim comicionados. E a oposição desta cidade dorme, dorme, dorme pq é incapaz de se levantar são os gatos do poder, gordos e preguiçosos se preocupando com a guerra dos sindicatos...camara de vereadores pra que? deveriam legislar e fiscalizar o executivo no entando cagam e andam e assim vão levando a vida... Chega, não ta dando mais...
Movimento Anarquista Razão Social (MARS)

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO