terça-feira, 23 de setembro de 2008

Como escolher um bom candidato nesta eleição

Temos recebido diversos emails de amigos do blog pedindo que, além de apontar as inúmeras irregularidades desta cidade, dizendo em quem não votar, que também indicássemos alguns bons nomes em quem votar.

Diante disso, resolvemos dar algumas dicas para que escolhamos um bom candidato na hora de definir nosso voto.

Por questões éticas, preferimos não nomear nenhum candidato, entretanto o perfil de um candidato é fundamental para que saibamos se ele reune ou não condições de ser um bom prefeito ou vereador.

  • Primeiramente, é importante lembrar que existe boa e gente que não presta em TODOS os partidos, portanto, independente de sua corrente ideológica há sim condições de você escolher entre a lista proposta por seu partido preferido, um nome que mais se aproxime daquilo que acha importante.

  • Outro fato importante é saber se as propostas apresentadas pelo candidato condizem com o carog almejado. Ex: Nada mais comum que você pegar um santinho de um candidato à vereador e ver que ele promete construir UBSs, escolas, creches coisas que não são e NUNCA serão da sua competência, pois vereador existe para duas funções principais sendo: Fiscalizar os atos e gastos do prefeito ( e a maioria que hoje lá está nem sabe o orçamento de São José) e propor leis que busquem atender às necessidades da comunidade. Vereador não tem poder para assentar um tijolo! Portanto, se você topar com um vereador que se diga responsável pro tal ou qual obra ou que prometa alguma obra, SAIA FORA, porque, este cara não é sério e está tentando enganar você. Veja aqueles que se comprometem em criar leis que atendam às suas expectativas, por exemplo, uma lei que obrigue à prefeitura à criar atividades nos espaços públicos afim de que a comunidade possa ocupar este espaço e não a marginalidade como costumamos ver com frequenc

  • Outra coisa muito importante é verificar se o histórico de vida deste candidato lhe dá condições de realizar aquilo à que se propõe. Na política, boa vontade e boa fé não bastam, tem de ter competência. Verifique se aquele candidato com quem simpatiza, já realizou algo na comunidade que sirva de exemplo para demosntrar que ele realmente faz ao invés só de falar, porque papel aceita tudo, só que na hora do vamos ver, a cosia é bem diferente.

  • No caso de reeleições, verifique se o candidato cumpriu aquilo que prometeu na eleição passada, porque quem não fez da primeira, dificilmente vai cumprir na segunda. Um exemplo é o atual governo que brinca com a memória do povo e promete em dobro, triplo às vezes, coisas que ele havia prometido há 4 anos atrás e que até agora não saiu do discurso.
  • Verifique se este candidato tem compromisso com assuntos que na sua visão seja importante que sejam colocados em destaque na sociedade, como a questão dos animais de rua, do meio ambiente, das drogas, da segurança, do emprego e por ai vai.

  • Vote em candidatos pelo que eles são e pelo que demonstram com atos e exemplo fazer e não porque alguém como um padre, ou pastor mandou você votar. Saiba separar uma coisa da outra;

  • Não vote em um candidato simplesmente porque ele é uma pessoa popular ou porque é seu amigo. A pessoa em si pode ser muito legal mas não reunir condições para o cargo pretendido. O caso do nosso atual prefeito é mais que esclarecedor. Um cara até bacana, mas sem personalidade, incapaza de liderar uma cidade e refém de uma horda de puxa-sacos

  • Em casos como aqui solicitados, de pessoas que por passarem muito tempo fora da cidade não conhecem bem os candidatos, sugiro que então vote na legenda do Partido com o qual você tenha maior afinidade com a ideologia. Se você gosta de meio ambiente, pr exemplo, uma boa opção é o Partido Verde, se você defende causas sociais o PT, se você acredita no capitalismo selvagem, tá ai o PSDB, e por ai vai.

Em breve traremos novas dicas.

Grande abraço e boa escolha


2 Comentários:

aurelio disse...

As pessoas devem depois das eleições cobrar dos eleitos atitudes, ir na camara regularmente em seus gabinetes, pedir prestação de contas etc

Guerreira disse...

Aurélio, concordo com vc , mas acho que ir atrás deles pedir prestação de contas é meio fora de mão , afinal eles enrrolam enrrolam e nada declaram , na minha opinião deveria ser obrigatório uma prestação de contas mensal via internet, já que é o nosso dinheiro deveriamos saber direitinho no que é gasto!

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO