quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Um prefeito, um governante merece ganhar mais que um cidadão?

Um prefeito, um governante merece ganhar mais que um cidadão?
J. Saladino

Estamos tão habituados a achar natural e justo que certos homens tenham uma renda muito superior à maioria das pessoas, que muitos ficariam chocados com a mera insinuação de um nivelamento de salários entre dominantes e dominados.

Mas porque um governante deve ganhar bem mais que um cidadão normal?

Acaso sua família tem necessidades maiores que as famílias de qualquer cidadão?
Comem mais, precisam de mais roupas, de uma casa maior e confortável que qualquer cidadão?
Ficam mais doentes que qualquer outro cidadão?
Tem mais carências do que qualquer um de nós?
Trabalham mais? Tem mais direito ao lazer e diversão?

Provavelmente a resposta para essas e tantas outras perguntas, seja NÃO, pois, como seres humanos que somos, e nisso, por mais que tentem argumentar, somos todos iguais, temos as mesmas carências e necessidades.

Ah, mas sempre haverá alguém pra dizer: Ele tem que ganhar mais porque é o chefe! É mais educado, tem mais responsabilidades...

Mas não é obrigação primordial de qualquer líder, dar o exemplo?

Como conhecerá a fome se seu estomago nunca roncou de dor por falta de pão?
Como sentirá o abandono, a indiferença, se sempre há tantos à sua disposição?
Saberá ele o peso da injustiça, do lado afetado pela impunidade, tendo a lei sempre ao seu lado e um batalhão de advogados?
Como amargará a discriminação por não ter instrução, se é letrado, se os portões acadêmicos e as rodas sociais para ele nunca foram fechados?
Entenderá o que é passar a noite acordado numa fila de hospital com o filho doente nos braços, sem ter um médico à sua disposição?

Se o prefeito ou qualquer outro governante estivesse condicionado a ganhar o mesmo que qualquer outro cidadão, essas e tantas outras coisas que conhece na teoria ou através da televisão, as conheceria na pele e teria por elas outra opinião.

E reconhecendo, por próprio exemplo, que aquela renda comum a ele e a maioria de seus cidadãos, não é suficiente para a manutenção de uma vida digna, talvez fizesse alguma coisa concreta para que todos tivessem uma melhor situação pois, tendo seu padrão de vida condicionado ao de seus cidadãos, melhorando a vida deles, melhoraria também a sua.

Se as coisas assim acontecessem, talvez encontrássemos mais candidatos à varredores de rua que à prefeitos, governadores, mas certamente, aqueles que se dispusessem de bom grado assumir o fardo (e não os privilégios, como hoje) de assumir tais posições, se reconheceriam POVO, e junto à este povo, fariam tudo o que estivesse ao seu alcance para que todos fossem plenos cidadãos.

Jorge Saladino

6 Comentários:

Nina-Khos disse...

oie moço!
obrigado por acompanhar meu blog...
beijão

Anônimo disse...

Boca no trombone:
A questão é uma só, privatizaram a máquina e os agentes públicos se acham donos dela, principalmente os políticos.
Não fizeram isso sozinhos, foi e é tudo com a concordância do povão que, no fundo, é o maior ladrão, sempre disposto a tirar vantagem. o brasileiro vende a mãe, a mulher e a filha em troca de uma vantagenzinha, o joseense não é diferente. Paga 16 mil pro prefeito e ainda chama o turquinho filho da puta de senhor, sem contar os vereadores vigaristas a 9 paus por mês. Estamos em São José ds Putas - Zona Total.

Anônimo disse...

Aqui é o mineirinho,
Só não vê quem não quer, a hoje vereadora Ângela Guadagnim, chegou fudidinha em São José, ela e o marido piradão não tinham grana nem pra comer. Se enfiou no serviço público, virou prefeita, encheu São José de vagabundos do PT e até virou deputada federal e ganhou o concurso da “véia do tcham”
Escorraçada pelos eleitores, como o Robson Ridel Ladrão Marinho, quer voltar a botar a bunda gorda na cadeira de prefeita. Está milionária, com várias propriedades e ainda ganha 10 mil por mês na Câmara, sem contar os engates. Gorda filha da puta, ainda coloca o filho para morder uma grana alta na Fundação Cultural. De repente, toma umas e outras ou todas e dança aqui como fez na Câmara Federal. Não vai dar outra, os vereadores vão dançar junto, não tão nem ai.

Anônimo disse...

Aqui é o mineirinho,
Só não vê quem não quer, a hoje vereadora Ângela Guadagnim, chegou fudidinha em São José, ela e o marido piradão não tinham grana nem pra comer. Se enfiou no serviço público, virou prefeita, encheu São José de vagabundos do PT e até virou deputada federal e ganhou o concurso da “véia do tcham”
Escorraçada pelos eleitores, como o Robson Ridel Ladrão Marinho, quer voltar a botar a bunda gorda na cadeira de prefeita. Está milionária, com várias propriedades e ainda ganha 10 mil por mês na Câmara, sem contar os engates. Gorda filha da puta, ainda coloca o filho para morder uma grana alta na Fundação Cultural. De repente, toma umas e outras ou todas e dança aqui como fez na Câmara Federal. Não vai dar outra, os vereadores vão dançar junto, não tão nem ai.

Viviane disse...

Olá estou passando aqui só para dizer que agora sou sua seguidora também e que seu blog está de parabéns, pois contém informações muito úteis para as pessoas. Como o assunto principal é política eu não me arrisco a comentar, pois acho tudo isso uma injustiça realmente como diz os posts do seu blog. Beijossss.....

Anônimo disse...

O CÚry merece, por ser um bom moço, um cara tranquilo e que governa são josé muito bem. Pergunte pros cupinchas dele se não estão gostando??? prefeitinho de brinquedo pau mandado de sapatas, mas tbm quem não tem medo das caras feias? mas ele tbm é bem covarde e só fode os servidores, safado, será que vai passar mais quatro anos sem aumentar nosso salario, vem com essa porra de gatilho que não faz diferença nenhuma pra quem ganha uma miséria como eu, fdp queria ver se ele estivesse no meu lugar, se estaria contente, ganha 16.500,00 e caga e anda pros servidores, SAFADO PENSA UM POUCO EM QUEM TRABALHA, PREFITO DE MERRRRRRRRRRRRRRRDA, ta na vida mansa mamando na teta do dinheiro publico, então que se foda o mundo... estamos ficando de saco cheio, vai ser dificil governar daqui uns dias em turquinho, e não pense que estamos ligados a sindicato não viu... pq este a japa ja tomou conta, por falar em japa cade o maridão safado??? outro covarde de merda tbm, são josé só tem politico safado e vendido, fingem que são oposição mas comem todos no mesmo cocho, bando de ladrões, São José no Rumo do raio que o parta...

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO